Quinta, 27 de Abril de 2017 Adrego & Associados – Consultores de Gestão

Gestão Orçamental


.

“O planeamento não é uma tentativa de predizer o que vai acontecer. O planeamento é um instrumento para raciocinar agora, sobre que trabalhos e ações serão necessários hoje, para merecermos um futuro. O produto final do planeamento não é a informação: é sempre o trabalho.” Peter Drucker.

.

  • Fazer dos orçamentos um dos instrumentos técnicos de controlo de gestão – instrumento de decisão e de acção, indissociável dos objectivos e planos de acção pré-definidos pela Organização.
  • Elaboração de orçamentos como verdadeiros instrumentos de gestão prospectivos para:

- Conceber e escolher planos de acção, tornando a afectação de recursos eficiente

- Avaliar a evolução da empresa em relação aos objectivos, servindo para controlo do desempenho corrente e como sinal de alerta para os gestores

  • Criar um conjunto de orçamentos (por centros de responsabilidade) que vão sendo consolidados por estrutura até se agrupar nos documentos sintéticos da empresa – orçamentos flexíveis, probabilísticos, múltiplos de acordo com as abordagens.